Search
  • Dra. Yandely Ch

USO ADEQUADO DAS LENTES DE CONTATO

Updated: Jun 21


Cuidados com a Lente de Contato (LC): nunca dormir com as LC,  nunca nadar ou tomar banho com as LC
Principais cuidados a ter com suas Lentes de Contato

O uso de lentes de contato cada vez mais ganha importância na prática da oftalmologia. Estima-se que haja mais de 140 milhões de usuários de lentes de contato no mundo, sendo pelo menos 2 milhões destes no Brasil, segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato (SOBLEC).


O que são lentes de contato?

As lentes de contato são pequenos discos de material plástico, usados para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (baixa visão para perto que ocorre por volta dos 40 anos) e também são utilizadas por razões estéticas, há casos em que as lentes oferecem visão melhor que a proporcionada pelos óculos (exemplo: pós transplante de córnea, ceratocone). As lentes também são utilizadas com finalidade terapêutica (pós-operatórios, pequenas perfurações).


Tipos de lentes de contato


Existem diferentes tipos de lentes de contato: gelatinosa, rígida (corneana, escleral). Possuem materiais diferentes que se adéquam aos esquemas de troca e a necessidade do usuário.

  • Lentes gelatinosas são lentes mais confortáveis e práticas, indicadas nos casos de córneas mais regulares ou de intolerância às lentes rígidas. Podem ser de uso único (usou, tirou, joga fora), outras de troca semanal, quinzenal, mensal ou anual. Ao envelhecerem, ficam mais frouxas, menos permeáveis ao oxigênio e com maior possibilidade de apresentar depósitos aumentando muito os riscos de contaminação comprometendo a saúde ocular, por isso não devem ser usadas além do tempo especificado pelo fabricante.

dedos dobrando lente de contato gelatinosa
Lente de Contato Gelatinosa
  • Lentes de contato corneanas rígidas gás permeável (RGP) são lentes duras indicadas para pacientes submetidos a transplante de córnea, cirurgia corretiva de miopia, hipermetropia, astigmatismo e implante de anel corneano. Em casos iniciais de Ceratocone podem ser usadas lentes gelatinosas, porém a partir de determina do estágio da doença somente lentes RGP serão indicadas e eficientes. As lentes RGP são recomendadas também por serem permeáveis ao oxigênio, oferecendo menor risco de edema e neovascularização.

dedos com lente de contato gás permeavel
Lentes de contato rígidas gás permeável (RGP)
Lente de Contato Rose K2 para Ceratocone
Lente de Contato Rígida (RGP) modelo ROSE K2
Lentes Best Fit K para ceratocone proporciona um padrão excelente de adaptação
Lente de Contato Rígida Best Fit K
Lente de Contato Especial Sistema SOPER para Ceratocone avançado.
Lente de Contato Rígida Sistema SOPER
  • Lente Escleral em geral gás-permeável, é uma lente especial grande e que, diferente das anteriores que ficam sobre a córnea, se apoia na esclera (à parte branca dos olhos). Tem como vantagem: maior estabilidade para lentes, menor sensação palpebral, menor retenção de corpos estranhos atrás das lentes porem pode ter limitações no uso e intercorrências relacionadas à oxigenação da córnea. As indicações do uso terapêutico decorrem da sua capacidade de retenção da lágrima sobre a superfície da córnea, benéfica em condições de olho seco severo e proteção da superfície ocular no caso de ceratite de exposição e anormalidade de cílios e pálpebras.

Diferenças de tamanho entre Lente de Contato Rígida Corneana e Escleral
Comparação de tamanho entre LC Corneana e Escleral

Antes de usar as Lentes de Contato verifique se estão na posição correta.

Verifique se as lentes Gelatinosas estão na posição correta
Posição correta das lentes de contato

Para mais informações sobre os diferentes tipos de lentes de contato, assista nosso vídeo sobre o tema.


IMPORTANTE !


A adaptação da lente de contato é um ato médico e cabe ao oftalmologista, ao examinar os olhos, verificar a inexistência de contraindicação e prescrever o melhor tipo de lente para cada paciente. Adaptação realizada fora dos consultórios médicos: é um procedimento que coloca em risco a saúde dos usuários.


É fundamental fazer um exame oftalmológico completo antes de começar a usar lentes:

  • Atualizar grau dos óculos e verificar qual será o grau da lente;

  • Aferir a curvatura da córnea para escolher a curvatura e diâmetro da lente (Topografia/Tomografia de córnea)

  • Biomicroscopia: importante para avaliar a superfície ocular e verificar as condições do olho e se há alguma doença ocular que impeça o uso das lentes e saber a necessidade de uso do paciente.

Exame Oftalmológico completo
Avaliação Oftalmológica na lâmpada de fenda.

São realizados testes com lentes específicas para o paciente, de acordo com as características oculares. No teste, avalia-se a interação das lentes com a córnea, com o propósito de buscar a melhor relação possível. Avaliam-se posição, mobilidade, troca de filme lacrimal, tipo e frequência do piscar e visão com as lentes.

COMO USAR AS LENTES DE CONTATO COM SEGURANÇA

As lentes precisam de cuidados especiais de higienização e conservação para evitar danos ao paciente, independente do material:

  • Antes de manusear as lentes de contato, é preciso lavar as mãos com sabonete neutro para remover a oleosidade e resto de corpos estranhos que possam danificá-las. Se possível, use toalha de papel, enxugando suavemente as mãos, sem esmagar o papel, evitando a retenção de partículas nas mãos. Mantenha as unhas curtas e limpas.

Os 6 passos das lavagem das mãos
Passos para uma lavagem adequada das mãos,
  • O soro fisiológico é ineficaz para a higienização de lentes de contato porque não possui agentes de limpeza adequados para lubrificar e desinfetar o material. O ideal é utilizar apenas produtos específicos para limpar as lentes.

Limpeza e cuidados das Lentes de Contato com produtos e higienização correta.
Limpeza da Lente de Contato com solução adequada
  • Limpe semanalmente o estojo de conservação com solução para lentes de contato e escova apropriada e exclusiva para este fim. É aconselhável fazer a troca do estojo a cada 3 meses.

Recomendações de limpeza das Lentes de Contato.

(A). Nunca usar água de torneira nos estojos. (B). Realizar limpeza do estojo com solução apropriada. (C). Limpeza com escova
  • Não nade ou tome banho com lentes de contato. Não utilize água de torneira para a limpeza das lentes. As lentes podem transportar micróbios da água para os olhos.

Nunca nade na piscina ou tome banho usando as lentes de contato.
Evitar sempre nadar ou tomar banho usando as Lentes de Contato.
  • Caso queira usar maquiagem, primeiro coloque as lentes e depois faça a maquiagem. Para remover a maquiagem, procure antes retirar as lentes. Dessa forma, será possível uma maior preservação da lente de contato com produtos de maquiagem, que poderiam contaminá-la ou danificá-la.

  • Não durma com lentes de contato. Estudos mostraram que dormir com lentes de contato aumenta as chances de contrair uma infecção ocular 6 a 8 vezes.

Evite dormir utilizando as Lentes de Contato.
Não dormir usando as Lentes de Contato.

Para mais informações sobre o guia completo de limpeza das lentes de contato, assista nosso vídeo sobre o tema.

SINAIS DE ALERTA


É muito importante que você conheça alguns sinais de alerta, diante dos quais você deverá suspender o uso e entrar em contato com seu oftalmologista. São eles:

  1. Dor persistente, que não melhora com a retirada das lentes;

  2. Dor que melhora com a retirada das lentes;

  3. Vermelhidão

  4. Embaçamento ou turvação da visão;

  5. Secreção ocular (ramela);

  6. Visão de halos em volta das luzes.


Principais complicações por uso incorreto das Lentes de Contato
Complicações após uso incorreto das Lentes de Contato.

Para mais informações sobre uso inadequado das lentes de contato, assista nosso vídeo sobre o tema.


Responsável: Dra. Yandely Ch.| CRM-SP: 154.787

Confira essa e outras informações na nossa página do Facebook ou Instagram


Faça seu agendamento via WhatsApp ou Online agora!



211 views